laura vinci

No Ar, 2009/2016
sistema de aspersão
dimensões variáveis
coleção da artista

textos ciclo expo

laura vinci
no ar

No ar
Laura Vinci

Segue até 19 de dezembro o projeto Paisagens Fugidias, com No ar, trabalho de Laura Vinci que se realiza a partir da produção de vapor de água em suspensão, instalado numa área a céu aberto com acesso direto à rua em que está sediado o Maria Antonia. A visitação é de segunda a domingo, das 14 às 20h.

O projeto Paisagens Fugidias convida artistas para ocuparem espaços do Maria Antonia distintos dos que são habitualmente dedicados a receber trabalhos de arte. Neles são criadas situações de passagem de sentidos que se deslocam entre aqueles instaurados pela presença dos trabalhos e o de uma funcionalidade originalmente atribuída a esses lugares, agora posta em suspensão pela arte. A proposição do projeto é de Marta Bogéa e João Bandeira.

Laura Vinci nasceu em 1962, em São Paulo. Entre suas exposições individuais recentes estão No ar (Museu de Arte Moderna da Bahia, Salvador, 2013); Clara-clara (Arte na Cidade, São Paulo, 2012); e Laura Vinci (Carpe Diem Arte e Pesquisa, Lisboa, 2010). Participou da 26ª Bienal de São Paulo (2004); de diversas edições da Bienal do Mercosul, em Porto Alegre (1999, 2005 e 2009). Possui obras em acervos como os da Pinacoteca do Estado de São Paulo; do Instituto de Arte Contemporânea Inhotim; do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo; e do Palazzo delle Papesse (Siena, Itália).