revista errata

etiqueta

  • lançamento e debate

10 de julho

quarta, 20h

informações

revista errata

Cauê Alves, Sofia Parra, Martin Grossmann e Julia Buenaventura

entrada franca - 90 lugares

descrição

No dia 10 de julho, quarta-feira, às 20h, o Maria Antonia promove o lançamento no Brasil do número 5 revista Errata, em um debate com Cauê Alves, Sofia Parra e Martin Grossmann, mediado por Julia Buenaventura

A revista Errata foi criada em 2009, em Bogotá, concebida como um espaço de análise e difusão das artes plásticas e visuais. Além de contar com um comitê formado por pesquisadores de arte e uma grande rede de colaboradores colombianos e internacionais, a Errata convida a cada edição dois especialistas (um colombiano e outro estrangeiro) para pensar a publicação. As edições de 0 a 4 estão disponíveis no site da revista.

Sofia Parra é editora da revista Errata.

Cauê Alves é doutor em Filosofia pela FFLCH-USP, professor da PUC-SP e da pós-graduação da Escola da Cidade. É curador do Clube de Gravura do MAM-SP. Foi curador adjunto da 8ª Bienal do Mercosul e curador do 32º Panorama da Arte Brasileira do MAM-SP em parceria com Cristiana Tejo. Realizou, entre outras curadorias, a mostra Mira Schendel: avesso do avesso, no Instituto de Arte Contemporânea e Quase líquido, no Itaú Cultural.

Martin Grossmann é doutor pela Universidade de Liverpool, diretor do Instituto de Estudos Avançados da USP e idealizador e curador-coordenador do Fórum Permanente: Museus de Arte, entre o público e o privado.

Julia Buenaventura é doutoranda na FAU-USP. Lecionou na Universidad Javeriana e na Universidad Externado, ambas na Colômbia. Trabalha no Núcleo de Pesquisa e Curadoria do Instituto Tomie Ohtake. Realizou o projeto Tempo, propriedade e registro da Fundação Bienal de São Paulo, que foi apresentado no Malba (Buenos Aires), no Museu Nacional da Colômbia e no Instituto Tomie Ohtake.