o que resta · arte e crítica de arte

etiqueta

  • lançamento e debate

4 de dezembro

terça-feira, 20h

informações

o que resta · arte e crítica de arte

Lorenzo Mammì, Nuno Ramos e José Miguel Wisnik

entrada franca – 90 lugares
retirar senha 30 min antes

descrição

No dia 4 de dezembro, às 20h, o Maria Antonia e a Companhia das Letras promovem o lançamento do livro O que resta – arte e crítica de arte, de Lorenzo Mammì em um debate com a presença do autor, de Nuno Ramos e José Miguel. A entrada é franca (90 lugares) e haverá distribuição de senhas 30 minutos antes.

Um dos nomes mais importantes da crítica cultural brasileira, Mammì reúne nesse livro uma amostra representativa de sua produção, forjada ao longo dos últimos trinta anos, com foco nas artes visuais. No debate de lançamento, serão abordados alguns dos temas do livro, como a questão da autonomia da obra de arte e a hipótese de que, a partir dos anos 1990, pode ter chegado ao fim o período conhecido como arte contemporânea, visto que “não há mais uma relação necessária, espontânea, entre práticas artísticas e formação de novos sujeitos sociais”.

Lorenzo Mammì é livre-docente em filosofia pela USP e crítico de arte, de música e professor de história de filosofia medieval na Universidade de São Paulo desde 2003. Foi curador da exposição Concreta ’56 (Museu de Arte Moderna de São Paulo, 2006), autor de Volpi (Cosac Naify, 1999) e de Paulo Pasta (Cosac Naify, 2006), entre outros, e tradutor de Clássico anticlássico e Arte moderna na Europa, de Giulio Carlo Argan (Companhia das Letras, 1999 e 2010).

Nuno Ramos é formado em filosofia pela FFLCH-USP. É artista e, dentre suas exposições individuais, destacam-se a Mar morto (Galeria Anita Schwartz, 2009) e Asa branca (Belo Horizonte, 2008). E dentre suas exposições coletivas, De perto e de longe - Paralela 08 (Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, 2008) e ParaGoeldi 2, (2000, Casa Vermelha).

José Miguel Wisnik é formado em letras, pela FFLCH-USP. Possui mestrado e doutorado em teoria literária e literatura comparada, também pela FFLCH-USP. É autor dos livros O som e o sentido – uma outra história das músicas (Companhia das Letras, 1999) e Veneno remédio – o futebol e o brasil (Companhia das Letras, 2008), dentre outros.