conservação de bens arquitetônicos

etiqueta

  • Debates

29 e 30 de junho

quarta e quinta, 17h30 às 20h30

informações

conservação de bens arquitetônicos

Emanuela Chiavoni, Antonella Romano e Simona Salvo

entrada franca
retirar senha 30 min. antes

descrição

Em junho acontece no Maria Antonia duas séries de debates sobre a conservação de bens arquitetônicos promovidos pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU - USP) com apoio do Centro de Preservação Cultural (CPC - USP). As palestras serão ministradas em italiano sem tradução.

29 de junho
A Escola Romana – história de levantamentos, estudos históricos e restauros – da fundação aos dias de hoje

Emanuela Chiavoni
Levantamentos, representação e desenho de arquitetura

Antonella Romano
O Estudo da história da arquitetura em Roma hoje: as dimensões macro e micro. Unidade de método historiográfico.

Simona Salvo
Qual restauro nos dias de hoje?

Apresentação conjunta: Adeus às coisas. Como transmitir a memória da "casa do poeta" Valentino Zeichen segundo a cultura italiana do restauro.

30 de junho

Enfrentamentos monográficos específicos.

Emanuela Chiavoni
Seguindo os traços de Bramante no Palazzo dei Tribunali na via Giulia, em Roma: levantamento tradicional e com novas tecnologias.

Antonella Romano
Giancarlo de Carlo, produção da última fase: trabalhar no construído, na paisagem historicamente estruturada.

Simona Salvo
Depois do terremoto: a reconstrução dos centros históricos no Centro da Itália afetados pelo sismo de 2016.

Emanuela Chiavoni é arquiteta (1988) pela Sapienza Università di Roma, com doutorado (1993) na Faculdade de Engenharia da mesma Universidade. Desde 2007 é professora associada da Faculdade de Arquitetura da Sapienza. Possui numerosas publicações, entre elas o livro recém-publicado, conjuntamente com Mario Docci, Saper leggere l’architettura (Laterza, 2017).

Antonella Romano é arquiteta (1990), com doutorado (1999) em História da Arquitetura pela Sapienza -Università di Roma. Desde 2001 é docente de História da Arquitetura na Sapienza, dedicando-se, em especial, a temas de história da arquitetura contemporânea.

Simona Salvo é arquiteta (1993), com especialização em restauro de monumentos pela Sapienza -Università di Roma, onde também fez seu doutorado (1999). Dedica-se à disciplinas de restauro arquitetônico na graduação e na pós-graduação da Università di Roma. É autora de Restaurare il Novecento. Storia esperienze e prospettive in architettura (Macerata, Quodlibet, 2016).

PRÉ-INSCRIÇÕES de 01 a 18 de junho de 2017 no link http://bit.ly/2pCRb05