ciclo de palestras · zl vórtice · intervenções urbanas

etiqueta

  • .

3 de abril a 26 de junho

quartas, 19 às 22h

informações

ciclo de palestras · zl vórtice · intervenções urbanas

#12 CARTOGRAFIAS
com Rejane Cantoni, Leo Crescenti, Jorge Machado, Cicero Inácio da Silva, David Sperling

entrada franca · 70 lugares
retirar senha 30 min antes

descrição

De 3 de abril a 26 de junho, sempre às quartas-feiras, e no dia 2 de maio, quinta-feira, às 19h, o Maria Antonia e o grupo de intervenções urbanas Arte/Cidade promovem o ciclo ZL Vórtice – intervenções urbanas, com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Audiovisual da ECA-USP, Fapesp, Instituto de Urbanismo e Estudos para a Metrópole e da Rede de Televisões Culturais da América Latina (TAL). A entrada é franca (70 lugares) e haverá distribuição de senhas 30 minutos antes de cada palestra.

A Zona Leste de São Paulo é uma região que atualmente passa por intensos processos de transformação, devido aos grandes investimentos em infraestrutura e equipamentos públicos, como os polos institucional e tecnológico de Itaquera, além do estádio do Corinthians. É alvo de Operação Urbana e integra o espectro do Arco do Futuro, plano de desenvolvimento urbano da Prefeitura. Rios, autopistas, linhas de trem: esse espaço escoa por todos os lados. Bacias fluviais afetadas por canalizações, várzeas ocupadas que não conseguem mais regular o fluxo das águas, enchentes. Uma conformação geológica formada por maciços graníticos e vales fluviais, profundamente afetados por ocupações e atividades extrativas industriais. Pedreiras e olarias reviraram os terrenos, os aterros criaram paisagens instáveis. Terrenos movediços feitos de material heterogêneo, resultado do acúmulo de rejeitos e restos de demolições.

Todo o território é dominado por fenômenos de inclinação, de desvio de equilíbrio, que as lajes em concreto e os cortes e aterros nos morros procuram anular. Mas o terreno é em declive, as construções se projetam, os fluxos acentuam a erosão do solo e a dispersão social. Uma arquitetônica que resiste ao nível e ao prumo, ao princípio da contenção. Estabilização à beira do desmoronamento.
Essa área da Zona Leste apresenta extraordinária dinâmica. Situações críticas, capazes de engendrar mutações topológicas, econômicas, populacionais, urbanas, culturais. Justamente as áreas entendidas como periféricas, aparentemente amorfas, um acúmulo indistinto de edificações improvisadas, materiais industriais abandonados e terrenos baldios.

Essa paisagem em movimento acelerado é o lugar da emergência de novos fenômenos e práticas sociais, de novos arranjos produtivos e urbanos, de novos dispositivos tecnológicos. O vórtice é onde a reinvenção da cidade pode acontecer.

3 de abril
#1 TERRITÓRIO
com Fernando de Melo Franco (arquiteto e Secretário Municipal do Desenvolvimento Urbano), Carmela Gross (artista e professora da ECA-USP), Regina Meyer (urbanista, professora da FAU-USP), Renato Viegas (arquiteto e Presidente da Emplasa).

10 de abril
#2 IMPLANTAÇÕES
com Diana Meirelles da Motta (técnica de planejamento urbano do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e diretora de gestão de projetos da Emplasa), Ruy Ohtake (arquiteto), Regina Silveira (artista e professora da ECA-USP), Jorge Wilheim (urbanista, ex-Secretário Municipal do Planejamento de São Paulo, responsável pela Operação Urbana Rio Verde-Jacú).

17 de abril
#3 FLUXOS
com Fernanda Barbara (arquiteta, integra o escritório Una Arquitetos), Danilo Santos de Miranda (Diretor Regional do SESC-SP), Silvestre Eduardo Ribeiro (Diretor de Planejamento da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos–CPTM), Héctor Zamora (artista).

24 de abril
#4 MEANDROS
com Ricardo Daruiz Borsari (engenheiro, Presidente da Empresa Metropolitana de Águas e Energia–EMAE), Milton Braga (arquiteto, integra o escritório MMBB, professor da FAU-USP e coordenador do Grupo Metrópole Fluvial), Carlos Fajardo (artista, professor da ECA-USP), Maria Angela Faggin Leite (professora de paisagismo da FAU-USP, Diretora do Instituto de Estudos Brasileiros–IEB)

2 de maio
apresentação de projetos
Parque Ecológico do Tietê: projeto e implantação, com Hugo Segawa (professor do Depto de História da Arquitetura e Estética do Projeto da FAU-USP), O Polo Itaquera e políticas de desenvolvimento territorial, com Gustavo Partezani (professor nas áreas de projeto urbano e meio ambiente na Universidade São Judas Tadeu) e A área central de São Paulo: uma nova dinâmica para o repovoamento do centro, com Philip Yang (fundador do Instituto de Urbanismo e Estudos para a Metrópole–URBEM)

8 de maio
#5 TRAJETÓRIAS
com Lucas Bambozzi (artista, pesquisador em novas mídias e um dos coordenadores do Festival arte.mov e do projeto Labmovel) ,Guilherme Wisnik (arquiteto e professor da Escola da Cidade-SP), Igor Guatelli (professor pesquisador da FAU-Mackenzie, onde coordena o grupo de pesquisa Cidade e Arquitetura e Filosofia), Laura Vinci (artista).

15 de maio
#6 SISTEMAS
com artistas da Cia. de Foto, Antonio Nobre (bioquímico, pesquisador titular do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais–INPE), Ary Perez (engenheiro e designer), José Alberto Quintanilha(professor do Dept.o de Engenharia de Transportes da Poli-USP, onde coordena o Laboratório de Geoprocessamento).

22 de maio
#7 TRAMAS
com Nélson Felix (artista), Lorenzo Mammì (crítico de arte e professor da FFLCH-USP), Heloísa Maringoni (engenheira e professora da Escola da Cidade-SP), Luís Carlos de Menezes (professor do Instituto de Física da USP).

29 de maio
#8 DINÂMICAS
com Elisa Bracher (artista), Luiz Alberto Oliveira (físico, pesquisador do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas e curador do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro), Fabio Domingues Pannoni (especialista em engenharia de materiais, consultor técnico da Gerdau S.A.), Nelson Brissac Peixoto (filósofo e professor do curso de Tecnologias da Inteligência e Design Digital da PUC-SP).

5 de junho
#9 CONSTRUÇÕES
com Marta Bogea (arquiteta e professora do Depto. de Arte da PUC-SP), Anna Dietzsch (arquiteta, diretora do escritório DBB Aedas), Thiago Rocha Pitta (artista), Lair Krähenbühl (ex secretário da Habitação do Estado de São Paulo e professor de pós-graduação na FAAP).

12 de junho
#10 ENCRUZILHADAS
com Giselle Beiguelman (artista e professora da FAU-USP), Pablo Capilé (produtor cultural), Ricardo Ohtake (Diretor do Instituto Tomie Ohtake), Carlos Vogt (ex-presidente da Fapesp, coordena na Unicamp um laboratório de estudos em divulgação científica).

19 de junho
#11 AGENCIAMENTOS
com Ivana Bentes (professora da UFRJ e coordenadora do Pontão de Cultura Digital da ECO/UFRJ), Ruy Sardinha Lopes (professor do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da USP-São Carlos), Cyntia Malaguti (professora de design do Senac e da FAU-USP), Gilbertto Prado (artista e professor da ECA-USP).

26 de junho
#12 CARTOGRAFIAS
com Rejane Cantoni (artista), Leo Crescenti (artista), Jorge Machado (sociólogo, professor da EACH-USP, coordenador Grupo de Estudos em Políticas Públicas de Acesso à Informação), Cicero Inácio da Silva (professor do Instituto de Artes e Design da UFJF, coordena o Centro de Estudos Culturais do Software), David Sperling (professor do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da USP-São Carlos).