abertura da biblioteca gilda de mello e souza

etiqueta

  • inauguração

6 de dezembro 2012

quinta, 20h

informações

abertura da biblioteca gilda de mello e souza

fala inaugural de Antonio Candido

entrada franca
registro obrigatório

descrição

Gilda de Mello e Souza foi a primeira docente de estética da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP, instalada nos edifícios ocupados atualmente pelo Centro Universitário Maria Antonia e em prédios vizinhos. Doados por sua família, os livros de Estética, Crítica e História da Arte que pertenceram à coleção da professora Gilda constituem o núcleo gerador desta biblioteca que leva seu nome, dedicada às artes contemporâneas. A biblioteca também abriga a documentação, em suportes variados, dos materiais gerados pelas diferentes atividades do Maria Antonia.

Dentre seu acervo se destacam obras como Arte brasileira: pintura e escultura, Luiz Gonzaga Duque-Estrada (Rio de Janeiro: Lombaerts, 1888); Revista Estética: 1924/1925, edição fac-similada (Rio de Janeiro: Gemasa, 1974); Frank Lloyd Wright: Architecture and Space, Peter Blake (Baltimore: Penguin Books, 1965); Degas et la photographie, Antoine Terrase ( Denoel, 1983), Les archives de l'Impressionisme, Lionello Venturi (Paris: Duand-Ruell, 1939) ; Tarsila – catálogo de exposição (Rio de Janeiro: MAM, 1969); Notes Brutes, Victor Vasarely (Paris: Editions Denoel, 1973); Homenagem a Erich Von Strohein – catálogo do I Festival Internacional de Cinema do Brasil (1954); Kurt Schwitters: a portrait from life, Kate Trauman Steinitz (Los Angeles: University of California, 1968); La moda: l’abito è l’uomo, Fausto Squillace (Milão: Remo Sandron, 1912).